gato se escondendo

15 Sinais que seu gato sente dor

Gatos são animais muito discretos, ao contrário dos cães que são extremamente expressivos. Por isso é preciso bastante atenção para perceber sinais de dor em gatos e tomar as providências necessárias de acordo com a situação.

Infelizmente alguns tutores ao perceber mudanças no comportamento do seu gato interpretam com manha ou pirraça, quando na verdade o gatinho está apenas dando sinais de dor e sofrimento.

Neste artigo você aprende os principais sinais de dor em gatos para que você tome providências rapidamente buscando atendimento veterinário para o seu amigo.

1 Mudança de humor

gato se escondendo

Se o seu gato é brincalhão e carinhoso, e subitamente parece aborrecido e nervoso, e até mesmo agressivo, isso pode ser sinal de que ele pode estar sentindo dor.

Você precisa conhecer a personalidade do seu gato para perceber esse sinal de dor.

2 Dificuldade para saltar

Mesmo os gatos “de chão” gostam de saltar e escalar, se você percebe que o seu gato está tendo dificuldades para saltar e escalar lugares que ele costumava subir com facilidade, ele pode estar ferido ou com algum incômodo interno, fique atento!

Isso é bastante comum em gatos idosos que começam a apresentar dificuldade de locomoção, em nosso artigo sobre os cuidados especiais com os gatos idosos você pode saber entender melhor esse assunto.

3 Marcha anormal

Gatos as vezes inventam umas brincadeiras de andar diferente, correm de lado, e fazem umas coisas engraçadas.

Mas se você percebe que ele realmente está andando diferente é necessário atenção e levar ao veterinário porque mesmo que ele não esteja sentindo dor isso pode ser sinal de problemas neurológicos

4 Evita lugares muito claros

Se subitamente seu gato começa a evitar locais mais claros da casa onde ele costumava ficar à vontade e agora prefere lugares mais escuros, pode ser um sinal de dor.

O gato que costuma dormir no tapete da sala e agora nem entra nesse cômodo está dando sinais de que algo não está bem.

5 Perda de Apetite

Os tutores costumam saber a quantidade que os gatos consomem durante o dia, se o seu gato está deixando ração, e mesmo o sachê favorito está sobrando no pratinho, pode ser sinal de algum desconforto ou mesmo dor.

6 Prostração e recolhimento

gato com carencia

Se o seu gato não está brincando mais, está recolhido e até mesmo escondido, ficando muito tempo parado evitando se mexer, esse é um dos sinais mais evidentes de dor em gatos.

É fácil entender a prostração dos gatos com dor quando lembramos como nos sentimos quando estamos com dor. Evitamos nos movimentar para não aumentar a dor, é o mesmo com os gatos.

7 Evita ser tocado

Mesmo gatos “de colo” evitam ser tocados quando estão sentindo dor. Novamente o motivo é evidente, o gato teme que a região dolorida seja tocada e aumente a dor que ele está sentindo.

8 Gato Cabisbaixo

gato com dor

Se o seu gato está evitando erguer a cabeça e olhar para cima, preste atenção se ele não está apresentando outras mudanças comportamentais que possam demonstrar que ele está passando por dor ou sofrimento.

9 Olhos sempre fechados

gato sonolento

Pode parecer que o gato está dormindo. E há até quem cite como sinal de dor em gatos dormir além do costume do gato.

E alguns tutores não percebem que na verdade o gato está evitando a claridade.

Isso somado a prostração e ao recolhimento pode dar a impressão de que o gato está dormindo, mas é apenas mais um sinal de dor.

10 Dificuldade para urinar

Perceber este sinal de dor exige que o tutor esteja muito atento aos hábitos do gato no uso da caixa de areia.

Lembrando que é muito importante estimular os gatos a beberem água para evitar problemas de saúde, temos um artigo com dicas para fazer os gatos beberem mais água

11 Dificuldade para defecar

Um tutor atento observa a quantidade de fezes quando limpa a caixa de areia.

Se o gato não está defecando como de costume também deve estar sentindo dores e você deve leva-lo ao veterinário para verificar o que está acontecendo.

Tanto a dificuldade para urinar como de defecar podem significar problemas graves e você deve buscar o veterinário com urgência, esses sintomas alertam inclusive para risco de morte do gato se não for tratado com rapidez.

12 “Errar” a caixa de areia

A dor pode causar dificuldade em entrar na caixa de areia, e o gato acaba fazendo as necessidades fora da caixinha.

13 Rosnar e gemer

Gatos são muito discretos em demonstrar dor. Mas também chegam a rosnar e gemer de dor.

Esse é o mais óbvio dos sinais de dor em gatos, porém quando o gato começa a dar sinais tão evidentes de dor é porque a causa do sofrimento já se agravou bastante.

14 Lamber-se em excesso

Gatos cuidam muito bem da sua higiene corporal e se lambem várias vezes ao dia.

Mas quando começam a lamber em excesso determinada parte do corpo é um sinal de dor naquela região.

15 Diminui a higienização

Se lamber-se em excesso pode ser sinal de dor, deixar de se lamber também é.

Devido a dor o gato pode evitar se lamber se o movimento corporal aumentar a dor.

Conheça seu gato

Essa lista de sinais de dor em gatos serve como uma orientação básica. Mas o mais importante é que você conheça a personalidade, o temperamento, e os hábitos do seu gato para que possa reconhecer as mudanças causadas por dor.

Gatos são extremamente apegados a rotina. E conhecendo essa rotina você rapidamente notará qualquer mudança e poderá socorrer seu amigo antes que o quadro se agrave.

Diagnóstico veterinário

Todos esses sinais são alertas de que algo não está bem com seu gato.

Mas jamais tente adivinhar a causa da dor no gato, quem faz o diagnóstico e receita o tratamento é o médico veterinário.

Tentar tratar o seu gato por conta própria, usando métodos alternativos ou pior: medicando o gato, é extremamente perigoso e pode até matar o gato.

Sobre a autora

Bete Belisio é protetora independente de animais e criou o blog Bigodes e Focinhos para difundir informações sobre cuidados com cães e gatos e também sobre proteção animal.